Diferença entre Resinas Epóxi de Baixa e Alta viscosidade

Quais os Tipos e Diferenças entre Resinas Epóxi?

Muita gente faz a seguinte  pergunta qual a diferenças entre resinas epóxi de baixa e alta viscosidade? É bem simples de explicar e vou tentar ser o mais didática possível. Primeiro vou detalhar os tipos de resina existentes e suas aplicações e aí  veremos suas principais diferenças.




Qual resina é ideal para o meu projeto?

Quando se trata de resina, há tantas opções! Vou abordar as possibilidades aqui com uma lista dos prós e contras deles. Todas as resinas são um sistema de duas partes, consistindo na resina base e no endurecedor (ou catalisador). Sozinhos, são compostos inertes, mas quando misturados, ocorre uma reação química onde eles curam. Veja mais informações aqui

Alguns termos que você deve conhecer

Tempo do pote: quantidade de tempo que você precisa trabalhar com a resina antes que ela comece a curar.

Tempo de desmoldagem: é a quantidade de tempo após a qual você pode remover a resina curada do molde. O tempo de desmoldagem é importante se você deseja retirar as jóias de resina do molde para reutilizá-lo novamente, sem esperar que a peça cure completamente.

Tempo de cura: quantidade de tempo que a resina leva para curar completamente. Se sua resina ainda estiver pegajosa  após o tempo de cura, ela não ficará melhor.

Existem quatro tipos de resina comumente encontrados na fabricação de jóias:

Poliéster ou Resina de Fibra de Vidro

Tempo do pote: minutos

Tempo de cura: minutos a horas

Custo: faixa baixa a média (especialmente mais barata se você usar uma resina de poliéster comercializada para uma indústria comercial, como barcos e embarcações)

Segurança: pode ser perigoso. cheiro muito nocivo. deve usar um respirador e trabalhar com um capuz ou em uma área bem ventilada.

Prós: Cura com um acabamento muito duro, que pode ser lixado e polido para obter uma superfície brilhante e clara. Se a superfície for arranhada, a mesma superfície poderá ser polida novamente. As peças feitas de poliéster podem ser coladas com mais resina de poliéster para criar peças maiores.

Contras: Não é resistente à luz UV. Acabará amarelando com o tempo. Por curar muito duro, os projetos de resina de poliéster podem quebrar se caírem em uma superfície dura.

Resina Epóxi

Tempo do pote: minutos

Tempo de cura: horas a dias O tempo de desmoldagem pode ser menor.

Custo: faixa intermediária à superior. Os epóxis ficam mais caros quanto mais claro você deseja a sua peça acabada.

Segurança: segura. use luvas, melhore a ventilação. respirador não é necessário

Prós: Amplamente disponível. Melhor resina para todos os fins

Contras: Não pode ser buffado. Deve ser finalizado com uma camada adicional de resina ou com um spray selador de resina para obter um acabamento brilhante.

Resina de Poliuretano

Tempo do pote: minutos

Tempo de cura: minutos a horas

Custo: faixa intermediária à superior. Os poliuretanos também ficam mais caros com um aumento na clareza e nas versões transparentes à água.

Segurança: pode ser perigoso. Alguns poliuretanos devem ser usados com um respirador e um exaustor.

Prós: alguns vêm com um tempo de cura muito rápido (menos de 1 hora)

Contras: Muito sensível à umidade. Pode não curar bem em climas úmidos. Alguns aditivos coloridos também não funcionam bem se não forem projetados especificamente para resina de poliuretano (podem atrair umidade)

Resina de Silicone

Tempo do pote: minutos

Tempo de cura: horas

Custo: faixa média e superior, especialmente para silicone transparente à água

Segurança: segura. use luva.

Prós: O material perfeito para a fabricação de moldes para fundição das outras três resinas acima

Contras: acabamento “Borracha”. Não é adequado para jóias



Diferenças entre Viscosidades Das Resinas Epóxi

Antes de mais nada viscosidade nada mais é que um atrito interno nos fluidos da resina. Então é muito comum você relacionar a percepção da viscosidade pelo escoamento da resina ou pela própria grossura dela.

Então por exemplo se você pega uma resina de alta viscosidade e uma resina de baixa viscosidade, e vira os dois potes de cabeça pra baixo. A resina de alta viscosidade  vai escorrer bem mais devagar  e a de  baixa viscosidade vai escorrer bem mais rápido.

A Resina 2001 por exemplo é de alta viscosidade, se você quer pouco escoamento e muita rigidez é a resina ideal.

Já a resina 2004 é de baixa viscosidade, escorre mais e te da um tempo de trabalho maior, muito usada na construção civil na colocação de pisos de “porcelanato líquido”. 




Se você quer aprender a aplicar porcelanato líquido pode ver esse artigo que escrevemos, ou fazer um curso em vídeo. Nesse de baixo você vai aprender 10 tipos de trabalhos com resina:

VIVER DE RESINA 10 EM 1 R$ 197,00

Dito isso vamos as principais diferenças entre resinas epóxi.



Diferenças entre resinas epóxi

diferença entre resinas epóxi

Tixotropia

A primeira  das inúmeras diferenças entre resinas epóxi é a  Tixotropia que é a capacidade de escoamento  da resina. A de alta viscosidade escorre menos e a de baixa viscosidade escorre mais.

Formação de Bolhas

A segunda das diferenças entre resinas epóxi é formação de bolhas. A resina de  alta viscosidade, por ser mais grossa, tende a  gerar mais bolhas pois elas têm mais dificuldade de subir até a superfície e estourar.

Já a de baixa viscosidade por ser mais líquida, as bolhas sobem mais facilmente e acabam  estourando. É claro que tem aditivos que vão te ajudar nisso, spray, rolos fura-bolha no caso de porcelanato líquido, técnicas na própria mistura, enfim ,de uma forma geral a de alta viscosidade gera mais bolha e a de baixa viscosidade gera menos bolha.

diferença entre resinas epoxi

Detalhes

Primeiramente, vamos supor que você tem um monte de borracha de silicone e nesse molde ele tem muito detalhes , e você precisa copiar isso perfeitamente, o mais indicado é você trabalhar com a resina de baixa viscosidade, pois  ela é mais líquida, e vai adentrar em todos os orifícios da borracha de silicone ou pelo menos na maioria deles.

A resina de viscosidade mais alta, também faz boa cópia de detalhes, mas a de baixa viscosidade ainda é melhor.


diferença entre resinas epóxi

Laminações

Laminações  de fibra de vidro, tecido, mantas de fibras de vidro, kevlar, carbono enfim todos os tipos de tecido, a resina de alta viscosidade é melhor quando a laminação  precisa ser na vertical.Por essa resina escorrer menos, você terá menos trabalho para fazer a aplicação.




A de baixa viscosidade de maneira geral é melhor porque ela vai ter mais facilidade de impregnação. Então por exemplo, o tecido de fibra de vidro 600 que é bem grossa, a de baixa viscosidade vai ter mais facilidade para impregnar essa fibra.

Veja Também : Porcelanato Líquido Guia 2020

diferença entre resinas epóxi

Cura

A cura da resina de alta viscosidade, tende a ser mais rápida mas isso não é um problema pois é uma diferença de cinco a dez minutos. Claro que depende muito da temperatura do ambiente, mas a média é essa.

A resina de baixa viscosidade, vai ter lá os seus 25 a 35 minutos de tempo de trabalho e a de alta viscosidade vai ter uns 30 40 minutos de tempo de trabalho.

Dureza Barcol

Agora a dureza barcol  pra quem não sabe é a penetração de uma ponta de aço forçada por  dentro de uma mola na resina. E a escala desta dureza é de zero a 100.




A de alta viscosidade ela tem no mínimo 30 de dureza barcol e a de baixa viscosidade já tem no mínimo 10, então depois de curado, a resina de alta viscosidade é um pouco mais rígida que a de baixa viscosidade.

Resistência

A resina de alta viscosidade ela resiste em torno de 95 a 100 graus até ela começar a ter uma deflexão térmica. Isso ocorre quando a resina começa a deformar por conta da temperatura.

A resina de baixa viscosidade ela tem de 70 a 80 graus, não é uma diferença grande mas a de alta viscosidade ela tende a resistir um pouco mais a temperatura.

Aplicações

Agora pra finalizar vou falar das aplicações. É claro que não tem como eu falar de todas porque resina epóxi ela tem muitos tipos de aplicações no mercado e  se eu fosse falar todas  vou ter q fazer uns 200 posts.

Então aqui estão as principais.

Aplicações de Resina de Alta Viscosidade: Diferença entre Resinas Epóxi 

Primeiro a resina de alta viscosidade é muito usada para fazer bijuterias, chaveiros e afins. Ela é a resina mais indicada quando você precisa ter uma retenção melhor.




Segundo na formulação de argamassa. Você precisa de uma resina mais viscosa para ela virar realmente uma massa, quando você mistura algum tipo de carga enfim, pra fazer qualquer tipo de argamassa a de alta viscosidade é melhor.

Terceiro, revestimentos onde você precisa de uma dureza maior. Como já mencionei a resina epóxi de alta viscosidade ela tem uma dureza maior depois da cura, então nesse caso opte por esse tipo de resina.

Laminações na vertical, qualquer tipo de laminação na vertical ,normalmente é melhor você usar resina epóxi de alta viscosidade.

Aplicações da Resina de Baixa Viscosidade

A resina de baixa viscosidade, moldes de silicone de uma forma geral, você deve usar  por dois motivos:

  • primeiro porque a resina de baixa viscosidade  vai ter uma cópia melhor de detalhes e  uma formação menor de bolhas.
  •  Segundo, porcelanato líquido e tampo de mesa.

Para porcelanato líquido, a resina epóxi de baixa viscosidade é melhor porque ela vai ter um despejo melhor, ela vai  ser mais fácil de fluir na hora da aplicação.

E no tampo de mesa a de baixa viscosidade é melhor porque ela vai adentrar em todos os orifícios da madeira com mais facilidade.

Laminações em geral

Por último, laminações  em geral, com resinas de baixa viscosidade desde não seja  uma laminação vertical é melhor pôr impregnar mais fácil na fibra de vidro e tem uma fluidez melhor também.

Dicas Para Trabalhar com Resina Epóxi

Primeira Dica

Misture somente o que você irá utilizar. Em muitos casos, existem pessoas que pegam por exemplo, 1 Kg de resina Epóxi, onde em algumas empresas são 670 gr de resina e 330 de endurecedor.

A proporção da mistura é 2 por 1 ou seja  100 gr de Resina para 50 gr de endurecedor.

O que acontece é que algumas pessoas pegam parte dessa resina e misturam num pote inteiro de endurecedor.

E é exatamente  no momento que você faz essa mistura, homogeneizando os componentes, que  o processo de polimerização começa e você terá cera de 30 a 40 minutos para trabalhar a resina epóxi antes dela endurecer completamente.

Meu conselho para iniciantes é começar misturando pouco, cerca de 300 a 400 gramas até pegar mais experiência.

Segunda Dica

Essa dica é pra quem trabalha com o famoso porcelanato liquido.

Primeiramente, proteja totalmente o ambiente em que você irá realizar a aplicação.

Ele deve estar completamente livre de poeira ou qualquer partícula.

O motivo disso é que se cair poeira ou qualquer sujeira  onde você está aplicando a resina epóxi, ela vai grudar durante o processo de curação do piso, vai endurecer e a partícula vai ficar lá.

E pra resolver é muita dor de cabeça, você terá que lixar o piso novamente, lustrar, então é melhor prevenir do que remediar não é?

Terceira Dica

A cura total da resina é de 7 dias e por que esse período? Se você fez a mistura correta, ficou tudo homogêneo você terá certeza que todos os gases presentes nos compostos serão liberados.

O comum é você  encontrar a informação de que o período é de 24 horas e isso não está errado.

Porém se você trabalha com resina em aquários por exemplo, é interessante esperar um pouco mais que esse período, dessa maneira você terá certeza total que os peixes não vão sofrer nenhum mal.

Quarta Dica

Quer acelerar o tempo de cura do piso? Você tem a opção de usar equipamentos térmicos.

Um exemplo: Se você trabalha em um ambiente de 60º graus a cura da resina leva cerca de 1 hora e 30, ou seja, acelera e muito o processo de endurecimento.

Quinta Dica

A resina epóxi é bem resistente, contudo, ela também sofre com alterações.

Com o passar do tempo, e isso por conta de características próprias da resina epóxi, elas podem sofrer certas alterações, como amarelamento, fosqueamento e outras coisas.Por esse motivo, deixe-as longe de raios UV ou de luzes fluorescentes, pois isso acaba com a resina epóxi.




Mais Sobre Isso: Resina Epóxi Pode Amarelar com o Tempo?

Sexta Dica

Nunca deixe suas peças feitas de resina, curando em uma temperatura acima do que é recomendado.Isso pode causar um envelhecimento precoce da resina então no máximo 60º graus durante 1 hora e 30 minutos. Passou disso , meu amigo, você terá problemas.

Sétima Dica

Finalizando, se você quer reutilizar os materiais que você utilizou para trabalhar com a resina epóxi, como pipeta, copo de medição, etc, limpe-os sempre com álcool.
Caso queiram aprender mais dicas sobre resinas epóxi

 

Espero que tenha ficado claro a diferença entre resinas epóxi que estão no mercado. Aqui nesse post temos mais algumas dicas para trabalhar com resinas epóxi e qualquer dúvida sobre resina epóxi vulgo porcelanato líquido, pode visitar esse artigo ou pode jogar aí nos comentários.

Abraço!

Tags:

Sobre o Autor

Luana E
Luana E

Criando conteúdo sobre Porcelanato Líquido e outros assuntos desde 2017

10 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


  1. Muito útil suas explicações,em especial para quem estar começando a fazer certos trabalhos como eu.
    Parabéns pelas informaçoes.

  2. Bem gostei muito do conteúdo parabéns , vamos lá sou marceneiro e já faz um tempo que tô querendo entrar no mundo resina embora ia ficar trabalhando só com mesas onde moro tenho muita madeira perfeita pra esse trabalho embora tô encontrando dificuldade na compra da resina e a de melhor qualidade de alta espessura

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.